Dicas de segurança e privacidade online para os nómadas digitais

A privacidade na era da Internet é uma condição essencial, e cada um deveria ter o comando e decidir sobre o que é revelado acerca de si próprio online e sobre quem vê ou questionar para onde vão os dados introduzidos ou se os websites mantêm os dados de acesso (log).

Não ser atento e cuidadoso no que à privacidade na Internet diz respeito pode descambar em exploração cibernética, com consequências dolorosas, desde deixar a descoberto simples fotografias até a dados bancários importantes. São as dicas aqui apresentamos que podem ajudar e muito, não importa o nível de conhecimentos do utilizador.

Privacidade na Internet

Ao longo dos tempos, os websites e os sites de media social têm vindo a solicitar que se introduza um crescendo de dados e informações pessoais , como seja o número de telefone e até a morada, quando se trata de subscrição de serviços de streaming.

A privacidade na Internet tornou-se indispensável à medida que as nossas vidas se tornam inevitavelmente expostas e documentadas online, e para isto é necessário tomar medidas para uma sólida proteção e segurança.

Escolher por aplicar medidas de segurança na Internet cria uma nova forma de entendimento da importância da ciber segurança e permite assim reparar brechas que existam no nosso sistema.

O segredo é a chave

A geração millennial tem vivido uma transformação massiva no mundo digital, que veio do tempo das ligação via dial-up até à tecnologia 5G. Estas inovações têm possibilitado que se faça mais com a internet, pois tudo está literalmente a um clique de distância, seja a mercearia, a roupas ou até a um simples lápis.

É nesta parte que as dicas para a segurança e privacidade online entram para serem usadas, pois uma grande indulgência com as atividades online colocam sérias ameaças à privacidade de cada um. Neste artigo iremos discutir dicas de segurança para os nómadas digitais.

Quem são os Nómadas Digitais?

Com a tecnologia a alcançar lugares que nunca passariam pela ideia, qualquer pessoa é utilizadora de dispositivos portáteis, como seja um computador portátil, smartphones ou tablets. Um nómada digital é uma pessoa que trabalha remotamente, a partir de qualquer lugar e a qualquer hora.

O conceito de trabalho remoto a partir de um portátil é relativamente novo à medida que aumentou a disponibilidade da internet de forma massiva. Tudo o que é necessário é uma ligação à internet e está-se livre para trabalhar a quilómetros de distância, até em continentes distantes dos seus funcionários, clientes ou até de casa.

Eles têm a liberdade de decidir os seus próprios horários. Em resumo, a presença física não é importante. Se trabalha à distância então encaixa-se no perfil/categoria de nómadas digitais.

Quais são as maiores ameaças para os nómadas digitais?

Como os nómadas digitais viajam muito, eles dependem significativamente de redes públicas de Wi-Fi. E é por isso mesmo que estão muito mais expostos para as questões de segurança e privacidade em comparação com um utilizador de Internet normal.

Não tomar as devidas e as mais corretas providências faz com que os nómadas digitais convidem os hackers, phishes, malware e outros como tais a atacar e a roubar informação pessoal. Esta não é uma boa situação para qualquer pessoa, até porque entrar numa conta bancária e trabalhar à distância requer um elevado grau de segurança e de protecção online.

Para se livrar das ameaças há várias e diferentes opções à disposição. E mais, ao seguir certas dicas e truques, os nómadas digitais conseguem assegurar a sua informação pessoal contra todo o tipo de ciber ataques.

8 dicas brutais para os nómadas digitais

Os nómadas digitais têm de ser integralmente educados acerca das medidas a tomar em relação à segurança online. Assim, se é um nómada digital, é de todo importante que se proteja com a informação e as ferramentas para se proteger a si mesmo enquanto viaja por todo o mundo.

Os nómadas digitais necessitam de elevada segurança na Internet, se eles quiserem viver uma vida de acordo com as suas vontades e condições. Apesar disso, há uma panóplia de maneiras de alavancar e impulsionar a protecção da sua privacidade, existem 8 dicas para a privacidade e segurança online para os nómadas digitais.

1 – Encripte completamente o seu dispositivo

Se feito atempadamente e de forma correcta, salvaguardar a privacidade digital é fácil. Depois de encriptar o seu dispositivo, isto é, smartphones, portáteis e tablets, todos os seus dados preciosos tornar-se-ão anónimos e transformados em alfabetos, números, símbolos e caracteres especiais aleatórios.

2 – Utilize um serviço VPN fidedigno

Ao utilizar a Internet fora de casa ou no estrangeiro ou numa cafetaria, ou redes públicas de Wi-Fi, ou espaço de trabalho partilhado (coworking), é de todo prudente assegurar que se tem uma VPN instalada de confiança e bem conceituado no seu dispositivo para que assim consiga obter uma segurança reforçada. Escolha sempre uma VPN credível para ter uma protecção sólida.

Lembre-se que o serviço que se escolheu não guarda os logs da atividade mantida e fornece uma proteção completa sem fazer um grande rombo nos bolsos do utilizador. A melhor VPN também oferece uma encriptação do tipo militar e adultera a localização online de um nómada digital quando estes usam uma rede Wi-Fi pública.

Adicionalmente é possível ligar-se a servidores da sua preferência a partir de qualquer lugar com a ajuda de uma VPN. Assim, um nómada digital consegue esconder a sua identidade ao usar uma VPN e evitar estar exposto a habilidades de hacking.

3 – Criar passwords fortes e uma proteção com verificação a 2 passos

Salvaguardar a identidade online de hackers maliciosos não é uma tarefa fácil. Requer que os nómadas digitais tenham a iniciativa de tomar providências que restrinjam a manipulação digital.

Um método eficiente para manter afastados os hackers e o malware do seu dispositivo é criar uma password inquebrável e que não deixe rasto.

Mesmo um utilizador normal consegue reforçar a segurança se usar uma verificação com 2 passos porque acrecenta uma camada adicional de protecção às suas contas.

4 – Escolher sempre websites encriptados de segurança – HTTPS

Os nómadas digitais estão em constante movimento, seja a viajar ou em expedições ou excursões. É importante que os nómadas digitais tomem as providências necessárias em matéria de segurança enquanto navegam pela internet.

Assim, para manter as ameaças e os hackers afastados é aconselhável que se visitem apenas os sites encriptados. Uma das formas usadas para verificar se os sites são seguros é procurar se o HTTPS apararece antes do endereço URL. Se o website apresentar somente o HTTP, é prudente avançar com cautela.

5 – Usar o ‘Modo de Voo’ quando não se utiliza a Internet

Durante o período em que não se utilize a Internet, é aconselhável manter o dispositivo no “Modo de Voo”. Os hackers acedem aos dispositivos via Wi-Fi, e por isso que os dispositivos se devem manter em “modo de voo” quando não estão a ser usados.

6 – Mantenha o software atualizado regularmente

Atualizar o software regularmente ou mantê-lo em modo “automático” é mais uma das formas de ultrapassar as imperfeições e vulnerabilidades da segurança. Com upgrades regulares é possível apreciar um desempenho melhorado e uma protecção facilitada e tranquila.

7 – Utilize os dados em vez de Wi-Fi

Confiar em redes de Wi-Fi públicas não é tão seguro quanto isso, como já foi mencionado. Deixa-se a sugestão aos nómadas digitais que usem os seus próprios planos de dados em vez de recorrerem ao Wi-Fi. Vai ser muito mais fácil prevenir ciberataques.

8 – Recorra a precaução extra durante os grandes eventos mundiais

Com vários eventos a terem lugar por todo o mundo, os nómadas digitais são os primeiros a chegar e a fazer a cobertura do espetáculo. Usemos como exemplo o último Campeonato de Futebol do Mundo Russia 2018, em que teve pessoas que viajaram de todo o mundo para verem as suas equipas favoritas a competir.

De igual forma, os nómadas digitais tiveram uma oportunidade e experiência única no evento desportivo mais esperado com momentos como a apresentação de equipas, festas e celebrações. No entanto, o governo Russo instruiu especificamente o público que chegaria de todo o mundo a ter grandes precauções com a sua presença online. E da mesma forma, os nómadas digitais também receberam dicas de precaução para protegerem a sua privacidade durante a sua estadia e presença no campeonato do mundo FIFA 2018.

Não são só os nómadas digitais que estão expostos às ameaças cibernéticas pois as vulnerabilidades de segurança podem acontecer em qualquer lado e a qualquer pessoa. Assim sendo, toda a informação que aqui foi abordada tem grandes benefícios para qualquer pessoa que use a Internet, ou seja todos e cada uma pessoa.

Conclusão

Seja um nómada digital ou não, está na hora de se livrar da frustração relativa às questões da protecção online e aproveitar os vários processos e maneiras de proteger os dispositivos que este artigo abordou.

Assim, aproveite a oportunidade da informação disponibilizada e simplifique a sua vida para vivenciar o próximo nível de protecção contra os ataques cibernéticos.

Este foi um artigo de opinião por Shoaib Usman:

Um digital marketer de profissão, escritor e blogger por paixão. Shoaib Usman escreve sobre segurança e privacidade online. Falar de tecnologia é o que lhe dá alegria. Poderá ler no Twitter para mais trabalhos da sua autoria. Perfil social no

Similar Articles:

O que você prefere: privacidade ou comodidade?

O que você prefere: privacidade ou comodidade?

Armdrücken Technik, Training, Tips

Armdrücken Technik, Training, Tips

PP, PSOE y Ciudadanos preparan un endurecimiento de la ley Sinde

PP, PSOE y Ciudadanos preparan un endurecimiento de la ley Sinde

The Good Censor - GOOGLE LEAK

The Good Censor - GOOGLE LEAK